Língua:

Análises

A Conservação Estratégica apoia conservacionistas locais na utilização de ferramentas da economia que os permitam encontrar soluções inteligentes e eficientes para os problemas ambientais mais urgentes. Desde a sua criação, a CSF conduziu dezenas de estudos sobre ambientes florestais, fluviais e costeiros. A maior parte dos nossos projetos é focada nos Trópicos, pois estes apresentam níveis extraordinários de biodiversidade. Para maximizar a influência e a qualidade dos nossos estudos, nós envolvemos profissionais de renome e organizações conservacionistas em todos os projetos.

Biodiversity Understanding in Infrastructure and Landscape Development (BUILD)

Por um acordo com a Agência de Desenvolvimento Internacional dos Estados Unidos (USAID) e com o apoio da Fundação Gordon and Betty Moore, a Conservação Estratégica (CSF) lançou uma iniciativa na África Central, expandindo os programas da CSF na região da Amazônia Andina, e iniciou um programa restrito a região do Himalaia na Ásia. A meta do programa é promover a conservação da biodiversidade por melhores práticas de infraestrutura.

Nos próximos três anos, a equipe da CSF irá focar na base de desevolvimento econômico que muitas vezes conduz a perda de biodiversidade: infraestrutura nas áreas de energia e transporte. Apesar de grandes infraestruturas poderem aumentar a competitividade de atividades econômicas e o acesso da população ao sistema de saúde pública, educação e outros serviços, estes projetos também podem acarretar alagamentos, fragmentação e muitas vezes destruição de ecossistemas. Para balancear a conservação da biodiversidade com o desenvolvimento de infraestrutura, os países devem entender os trade-offs econômicos e ecológicos.

Através de uma série de cursos, fóruns regionais, profundas analíses de específicos projetos de infraestruturas e outras atividades, o programa do CSF juntará e compartilhará agressivamente informações a nível global sobre quais países estão agindo corretamente, e trabalhará intensamente com governos e outros parceiros nas regiões da África Albertine Rift e Amazônia Andina no tema de inovações de medidas politícas. Essa iniciativa criará uma capacitação humana contínua para analises de infraestrutura, as quais impactará na conservação da biodiversidade não só no curto prazo, mas também nas décadas futuras de crescimento econômico.

Os seguintes cursos e projetos estão sendo conduzidos por BUILD (Biodiversity Understanding in Infrastructure and Landscape Development):

Ferramentas Econômicas para a Conservação e Planejamento de Infraestrutura na Amazônia - Formulário de Inscrição

Economic Tools for Conservation and Infrastructure Planning in the Albertine Rift

Herramientas Económicas para la Conservación en la Amazonía Andina - Perú 2012

Fortalecimiento de capacidades institucionales para la aplicación de herramientas económicas para la conservación en proyectos de infraestructura - Colombia

Fortalecimiento de capacidades institucionales para la aplicación de herramientas económicas para la conservación en proyectos de infraestructura - Bolivia

Este projeto tornou-se possível com o apoio dos cidadãos Americanos através da Agência de Desenvolvimento Internacional dos Estados Unidos (USAID).