Língua:

Nova publicação: Fortalecendo estratégias de desenvolvimento socioambiental na Amazônia brasileira

APA FazendinhaParticipantes da oficina sobre SEs e cadeias produtivas da APA da Fazendinha.

Resultados de nossa análise sobre a cadeia produtiva do peixe pirarucu no Amazonas, Brasil

A Conservação Estratégica (CSF-Brasil), em parceria com a Operação Amazônia Nativa (OPAN), concluiu o diagnóstico sobre o manejo comunitário e a comercialização do peixe pirarucu em Áreas Protegidas (APs) no Amazonas (AM), Brasil.

Seminário do “Diagnóstico do Manejo de Pirarucu em Áreas Protegidas do Amazonas". Crédito da fotografía: Acervo OPAN e CSF.

Seminário para promotores públicos brasileiros: Usos e limites da valoração econômica

A maioria das decisões sobre impactos ambientais e sociais de projetos de infraestrutura na Amazônia brasileira é arbitrada por juízes, o que significa que muitas vezes não há critérios claros para estabelecer valores de indenização.

Melhores decisões no planejamento de hidrelétricas: lançamento do estudo de viabilidade econômica do projeto de construção da UHE Castanheira

É com grande prazer que a CSF-Brasil lança sua nova publicação "Análise Custo-Benefício da Construção da Usina Hidrelétrica Castanheira".

O rio Arinos, localizado na sub-bacia de Juruena - um importante afluente do rio Tapajós - no Mato Grosso, é conhecido por sua biodiversidade aquática. Atualmente, no entanto, existem mais de 100 usinas hidrelétricas (UHE) propostas para esta sub-bacia, que poderiam ameaçar a biodiversidade e a vida das comunidades locais. Uma destas é a UHE de Castanheira.

Nova publicação: estratégias para conservar manguezais em áreas protegidas brasileiras

É com grande prazer que a CSF-Brasil lança sua nova publicação "Os valores dos serviços ecossistêmicos dos manguezais brasileiros, instrumentos econômicos para a sua conservação e o estudo de caso do Salgado Paraense".

Cerca de 90% dos manguezais no Brasil estão localizados em Áreas Protegidas (AP). No entanto, existem deficiências importantes em termos de sustentabilidade financeira e gestão de recursos nas AP do Sistema Nacional de Unidades de Conservação (SNUC), afetando os estoques de capital natural, a biodiversidade e as comunidades locais que dependem dos recursos da natureza.

Divulgar conteúdo