Língua:

Yaguas National Park created: 2 million acres conserved in Peru

PhotoYaguasFeb2018
Yaguas National Park, Peru. Photo credit: Frank S. Cardoza

Apoiando a conservação de recurso pesqueiro na Amazônia brasileira: diagnóstico sobre o manejo e a comercialização de pirarucu de áreas protegidas do Amazonas

A Conservação Estratégica (CSF-Brasil) está realizando o diagnóstico sobre o manejo e a comercialização do peixe pirarucu capturado em Áreas Protegidas (APs) no estado do Amazonas, Brasil.

Evaluating the economic, social and environmental costs of planned road projects in the Amazon Basin

Photo: Shutterstock/ Dr. Morley Read

With generous support from the Gordon and Betty Moore Foundation, CSF is working on a project to identify the relative riskiness of planned road projects in terms of economic, social and environmental costs in the Amazon basin, and to engage decision makers to ensure that this analysis is relevant, understood and to the greatest extent possible considered in decision-making processes.

Apoio ao desenvolvimento territorial de uma unidade de conservação na Amazônia brasileira

A Conservação Estratégica (CSF-Brasil) - em parceria com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária do Amapá (EMBRAPA-AP) e o Ministério do Meio Ambiente (MMA) - está desenvolvendo um estudo com foco na Área de Proteção Ambiental (APA) da Fazendinha, localizada ao sul do município de Macapá, no Amapá, Brasil. O estudo visa, por meio da abordagem de Integração de Serviços Ecossistêmicos (ISE), apoiar o processo de gestão territorial e de desenvolvimento de cadeias de produtos da sociobiodiversidade.

Avaliação dos impactos de usinas hidrelétricas sobre o povo indígena Munduruku na Amazônia brasileira

A equipe da CSF fez uma viagem de campo para aldeias do povo Munduruku na Amazônia brasileira. Estas comunidades estão sendo afetadas nos últimos anos pela construção das usinas hidrelétricas (UHEs) Teles Pires e São Manoel.

CSFBeleza cénica do rio Teles Pires.

Beyond the obvious: local economic costs of the São Luiz do Tapajós dam

Series number: 
33

Estudo de impactos da usina hidrelétrica Teles-Pires na Amazônia brasileira

A Conservação Estratégica (CSF) está realizando uma avaliação econômica de impacto da usina hidrelétrica (UHE) do Teles-Pires na região Amazônica brasileira.

Contribuindo para a tomada de decisão sobre usinas hidrelétricas (UHE) na região Amazônica brasileira: Estudo da viabilidade financeira e dos impactos potenciais da UHE Castanheira

A Conservação Estratégica (CSF-Brasil), em parceria com as organizações Instituto Centro de Vida (ICV), International Rivers e Operação Amazônia Nativa (OPAN), está fazendo um estudo detalhado sobre o projeto de construção da UHE Castanheira no rio Arinos, no Mato Grosso (MT), Brasil. Os três objetivos deste projeto são: (1) avaliar a viabilidade financeira do projeto; (2) contribuir para a análise dos impactos socioambientais associados à construção de hidrelétricas na região Amazônica; e (3) auxiliar os tomadores de decisão sobre este tipo de obra de infraestrutura através de uma análise custo-benefício da UHE.

Multiplier Effects of Tourism Spending in Peru’s National Parks

Photo: Liz Bailón, Paracas National Reserve

With support from the Andes Amazon Fund, CSF is conducting an analysis on multiplier effects of tourism spending in Peru’s national parks. Peru has created eleven national parks and numerous other protected areas in its Andes Amazon region covering approximately 18 million hectares. While efforts are currently under way to address existing funding gaps, the long term financial sustainability of Peru’s protected areas requires a substantial, long-term increase in allocation of public funds. Furthermore, Peru’s biological importance justifies expansion of the existing protected area system in the Andes Amazon, further increasing funding required.

Local economic costs of the proposed Isiolo dam: A scoping study

CSF conducted a desk-based study of potential local costs associated with the construction of the proposed Isiolo Dam in the Ewaso Ng’iro River in Kenya.

The dam has been identified by Kenya’s National Water Conservation and Pipeline Corporation as necessary to improve local livelihood by providing water for domestic and livestock use, small irrigation activities, and in the future, for tourists in the proposed Isiolo Resort City.

However, there has also been opposition to the proposed construction, based on concerns that the dam could expose herders downstream to drought, negatively affect endangered wildlife, and put the local wildlife-tourism based economy at risk.

Divulgar conteúdo