Língua:

Análises

A Conservação Estratégica apoia conservacionistas locais na utilização de ferramentas da economia que os permitam encontrar soluções inteligentes e eficientes para os problemas ambientais mais urgentes. Desde a sua criação, a CSF conduziu dezenas de estudos sobre ambientes florestais, fluviais e costeiros. A maior parte dos nossos projetos é focada nos Trópicos, pois estes apresentam níveis extraordinários de biodiversidade. Para maximizar a influência e a qualidade dos nossos estudos, nós envolvemos profissionais de renome e organizações conservacionistas em todos os projetos.

Represa de Chalillo

Em 2000 a CSF trabalhou com a Aliança de Conservação formada por organizações não governamentais, a fim de fornecer aos Belizianos uma análise independente sobre a proposta de construção de uma represa no Rio Macal. O alto Macal e seus afluentes proporcionam hábitat para espécies raras de araras-vermelhas, crocodilos-morelet, lontras, antas e onças. Mas essa mesma área possui potencial para geração de energia para todos os consumidores de Belize.

A CSF elaborou uma análise econômica da represa proposta no local conhecido como Chalillo. Também analisamos o Estudo de Impacto Ambiental (EIA) do projeto. Nossa conclusão é que os custos da represa excederiam os benefícios por ela gerados em pelo menos US$ 4,5 milhões, isso antes de se considerar os custos ambientais. Custos ambientais somariam US$ 4 milhões ao valor anterior. Em outras palavras, nesse caso não há benefício econômico líquido que compense a perda de vida selvagem e outras amenidades ambientais da região. Pelo contrário, os Belizianos provavelmente experimentariam um leve aumento nas taxas de eletricidade para ajudar a pagar pela represa.

Com relação ao EIA, concordamos com as análises de nossos parceiros Belizianos, e consideramos que o EIA preparado para a represa está incompleto em muitos aspectos e, em particular, no que se refere aos impactos na vida selvagem e seus hábitats naturais. Uma brilhante referência sobre Chalillo encontra-se no livro de autoria de Bruce Barcott’s, intitulado “O último voo da Arara Vermelha”.

A represa de Chalillo foi finalmente construída. E, confirmando nossas predições, o alto preço cobrado dos consumidores para se pagar pela custosa represa terminou sendo mais alto que o custo de fontes alternativas de energia. Apesar dos resultados, o CSF considera que o debate aberto da economia e outros fatores representaram um processo saudável que promete melhoramentos em decisões de impactos ambientais no futuro.

Veja o Relatório

Análise do Estudo de Viabilidade Final e do Estudo de Impacto Ambiental do Projeto da Represa Chalillo