Língua:

Análises

A Conservação Estratégica apoia conservacionistas locais na utilização de ferramentas da economia que os permitam encontrar soluções inteligentes e eficientes para os problemas ambientais mais urgentes. Desde a sua criação, a CSF conduziu dezenas de estudos sobre ambientes florestais, fluviais e costeiros. A maior parte dos nossos projetos é focada nos Trópicos, pois estes apresentam níveis extraordinários de biodiversidade. Para maximizar a influência e a qualidade dos nossos estudos, nós envolvemos profissionais de renome e organizações conservacionistas em todos os projetos.

Diversão de Águas no Jalapão

Em 2000, Paulo Garcia, Fani Mamede e Wilson Cabral se encontraram num curso da CSF no Brasil e decidiram apresentar uma proposta de análise de um dos maiores esquemas de diversão de água no país. Eles concentraram suas atenções no projeto de bombeamento e redirecionamento de águas do Rio Tocantins, na área central do Brasil, para o Rio São Francisco, o qual corre dentro da árida região Nordeste do país. Esse projeto afetaria seriamente a região do Jalapão, uma área única de transição entre a vegetação do Cerrado e a Caatinga.

Suas descobertas mostraram que os benefícios econômicos do projeto não chegariam nem perto para o pagamento de seus custos. Isto, combinado com outros fatores, foram fortes encorajadores para que as autoridades brasileiras e dos parques estaduais de Tocantins criassem uma vasta área protegida de mais de 700.000 hectares.