Língua:

News

Novo guia para elaboração participativa de planos de negócios da sociobiodiversidade

É com grande prazer que a Conservação Estratégica (CSF-Brasil) lança sua nova publicação "Guia para elaboração participativa de planos de negócios da sociobiodiversidade".

CSF Guia Plano NegócioMulheres do povo Paiter Suruí durante a coleta de babaçu na TI Sete de Setembro, em Rondônia.

Entre 2010 e 2014, a Conservação Estratégica (CSF-Brasil) apoiou a estruturação e o desenvolvimento de negócios sustentáveis em Áreas Protegidas (APs), como Terras Indígenas (TIs) e Reservas Extrativistas (RESEXs).

Elaboramos em conjunto com os povos e comunidades planos de negócios sobre produtos da sociobiodiversidade, tais como castanha-do-brasil, madeira manejada, pesca artesanal marinha e de pirarucu e ecoturismo. Estes planos buscaram identificar e fortalecer alternativas sustentáveis de renda para povos e comunidades tradicionais empreendedores.

CSF Guia Plano NegócioCesta indígena em elaboração.

Tomando como base as experiências e resultados destes planos, desenvolvemos uma metodologia de trabalho e sistematizamos o passo a passo neste guia. Também conduzimos uma oficina com profissionais e representantes de organizações que apoiam iniciativas de empreendedorismo de povos e comunidades tradicionais. Coletamos suas recomendações e conhecimentos sobre estudos de caso para enriquecer o conteúdo do guia.

Nosso objetivo é de compartilhar o aprendizado sobre o fortalecimento de negócios de povos e comunidades tradicionais e promover a replicação de nosso trabalho. Sendo assim, este guia reúne orientações-chave em uma linguagem simples e referências de estudos complementares para aqueles que desejam aprofundar seus conhecimentos.

CSF Guia Plano NegócioFruto da Amazônia coletado na TI Suruí.

O guia foi desenvolvido no âmbito do projeto "Conservação biocultural na floresta amazônica – prevenção do desmatamento nos corredores etnoambientais Karib e Mondé-Kawahiba", integrante da Iniciativa Corredores da Amazônia (ICA), graças ao apoio das Fundações Skoll e Avina, em parceria com Equipe de Conservação da Amazônia (ECAM), Instituto de Conservação e Desenvolvimento Sustentável da Amazônia (IDESAM), Associação de Defesa Etnoambiental Kanindé e Associação Metareilá do Povo Indígena Suruí (Gamebey).

Clique aqui para baixar nosso guia, aqui para saber mais sobre a oficina e aqui para mais informações sobre nosso projeto.

Crédito das fotografias: Fernanda Preto.