Língua:

Exploring the Blue Economy in Belize

MARBelizePhotos
The 2016/17 MAR-L cohort of fellows with speakers and staff at the course. Photo credit: Mélina Soto

In July, the 2016 Fellows cohort of the Mesoamerican Reef Leadership (MAR-L) program gathered one final time in Belize City, Belize. This fourth and final training course included two days of economic concepts and tools taught by CSF’s Training Director, Kim Bonine, and a third day dedicated to guest speaker presentations and Fellows’ project feedback.

From all of us at CSF: Thank you!

Happy Holidays, Felizes Fiestas, Boas Festas, Selamat Berlibur

Every day, support from donors like you makes our work possible. Are you willing to make a special year-end donation to help us protect ecosystems around the world?

Please, click here to make your donation now. 

MAR Leadership Program - Conservation Finance, Sustainable Business Planning, Economic Impact Analysis, Fisheries Management & Policy

This week-long course included two days with CSF. Our staff led half day trainings on Conservation Finance, Sustainable Business Planning, Economic Impact Analysis, and Fisheries Management & Policy.

Represa de Chalillo

Em 2000 a CSF trabalhou com a Aliança de Conservação formada por organizações não governamentais, a fim de fornecer aos Belizianos uma análise independente sobre a proposta de construção de uma represa no Rio Macal. O alto Macal e seus afluentes proporcionam hábitat para espécies raras de araras-vermelhas, crocodilos-morelet, lontras, antas e onças. Mas essa mesma área possui potencial para geração de energia para todos os consumidores de Belize.

Ocean Economics - Gladden Spit, Belize

A CSF - Conservação Estratégica - está atualmente conduzindo pesquisas de avaliação econômica de áreas marinhas em Belize, no Panamá e no Brasil. Este trabalho é apoiado pelo programa Conservation International’s Marine Management Area Science Program e pela Gordon and Betty Moore Foundation. A avaliação de bens e serviços do ecossistema está sendo executada dentro de três áreas formalmente protegidas: Gladden Spit (Belize), Coiba (Panamá) e Abrolhos (Brasil).

Nosso trabalho de avaliação marinha em Belize irá qualificar e quantificar valores sociais e econômicos da Gladden Spit Marine Management Area (MMA). Determinaremos o valor econômico de ambientes naturais dentro do MMA sob as presentes condições e estimaremos valores futuros com cenários alternativos de gestão. No processo, visamos identificar métodos apropriados de pesquisa que serão repetidos ao longo do tempo e replicados em outros sítios marinhos. Será o primeiro estudo desse tipo em Belize.

O Belize Barrier Reef Reserve System foi declarado como uma herança mundial em 1996. A UNESCO fez a declaração porque “A área costeira de Belize é um importante sistema natural que consiste na maior barreira de recifes no hemisfério norte, atóis distantes da costa, várias centenas de bancos de areia, florestas de mangue, lagoas costeiras e estuários. Os sete sítios do sistema ilustram a história evolucionária de desenvolvimento de recifes e constituem um hábitat significativo para espécies ameaçadas, incluindo tartarugas marinhas, peixes-bois e o crocodilo marinho americano” (UNESCO, 2006). De fato, o Belize Barrier Reef (BBR) contribui com cerca de 30 por cento para o PIB de Belize, por meio de pescados comerciais (conchas e lagostas, os mais importantes entre eles), ecoturismo de alta qualidade e, mais recentemente, um grande crescimento de cruzeiros turísticos e vários investimentos do setor privado no desenvolvimento costeiro e aquicultura. Não obstante esses valores, o Belize Barrier Reef é ameçado por atividades humanas como o excesso de pesca, fluxo agrícola-químico e desenvolvimento costeiro. Essas ameaças estimularam muitas iniciativas de conservação por ONGs nacionais e internacionais que funcionam no país, incluindo a Nature Conservancy (TNC), Belize Audubon Society (BAS), World Resources Institute (WRI), the World Conservation Union (IUCN) e World Conservation Monitoring Centre (UNEP-WCMC). As fundações incluem a Summit Foundation, UNDP/GEF, a Oak Foundation e Earthwatch, entre outras.

Este trabalho será relevante para quatro grupos-alvo: aqueles que fazem políticas, gerentes de MMA [Ministério de Meio Ambiente], comunidades locais e acadêmicos. Este serão envolvidos desde o início, visando chegar a acordos sobre os objetivos e elaborar decisões-chave metodológicas e práticas, principalmente por meio de reuniões com Lindsay Garbutt, Coordenadora de Campo de Belize, e Venetia Allen, principal pesquisadora deste estudo na CSF. Comitês locais também serão mantidos atualizados com reuniões para relatório de progresso.

Divulgar conteúdo