Language:

Economia de Usinas Hidroeléctricas

Data: 30 de agosto de 2011
das 9:00 às 17:00 horas.
Local: UnB, Brasília, DF.
Endereço: UnB – Universidade de Brasília.
Apoio: Universidade de Brasília.
Apoio: Fundação Gordon & Betty Moore.

Faça sua inscrição através do formulário online clicando aqui.

As usinas hidrelétricas são boas para a economia, o meio ambiente e as pessoas?

Algumas hidrelétricas podem fornecer energia confiável e de extrema necessidade para a sociedade com um custo relativamente baixo para consumidores e o meio ambiente. Outras podem gerar aumento nos preços da eletricidade, deslocamento de comunidades e custos ambientais mais significativos.

Então, como podemos saber quais barragens devem ser construídas?

Um dos critérios mais importantes para responder a essa pergunta é a análise econômica. O estudo de viabilidade econômica de um empreendimento busca avaliar seus custos e benefícios ao longo de um determinado período de tempo, incluindo custos sociais e ambientais. Como resultado, ele gera indicadores de impactos econômicos agregados sobre a sociedade, criando bases mais objetivas para o processo de tomada de decisão.

A Conservação Estratégica desenvolveu a HidroCalculadora, uma ferramenta inovadora e acessível com a qual os usuários podem realizar uma avaliação preliminar dos custos e benefícios econômicos, sociais e ambientais de projetos hidrelétricos. Com esta ferramenta, conservacionistas, comunidades e governos podem identificar as melhores opções deprodução de energia, procurando evitar projetos inviáveis ou demasiadamente caros, ou projetos que gerarão mais prejuízos do que as suas possíveis alternativas.

Utilizando uma quantidade reduzida de dados, a ferramenta possibilita a visualização da localização da represa juntamente com uma tabela de resultados, informações que permitem comparar projetos hidrelétricos com base nos seguintes critérios:

• Capacidade de produção de energia
• Viabilidade econômica da barragem
• Emissões líquidas de gases de efeito estufa
• Área alagada / MW de capacidade de produção
• Número de pessoas deslocadas / MW de capacidade de produção

Nessa oficina, você irá aprender a utilizar a nova versão da HidroCalculadora utilizando dados reais de barragens. Também receberá capacitação sobre os princípios econômicos de investimentos hidrelétricos e sobre as tendências do mercado de energia no Brasil e do desenvolvimento de represas na Amazônia.
O almoço no dia da oficina será coberto pelo evento.

Programação

9:00 Boas vindas e introdução– John Reid, Presidente, ConservatioStrategyFund

9:15 Tendências no desenvolvimento de geração hidrelétrica na Amazônia e o mercado de energia no Brasil– Wilson Cabral de Sousa Júnior (PhD), Professor, Divisão de Engenharia Civil, Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA)

10:30 Intervalo

11:00 Estudo de Caso -Custos e benefícios do complexo hidrelétrico Belo Monte: Uma abordagem econômico-ambiental – Wilson Cabral de Sousa Júnior (PhD), Professor, Divisão de Engenharia Civil, Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA)

12:30 Almoço

13:30 Módulo 1 - HidroCalculadora: realização de uma análise
Trabalho em grupo com dados reais

15:00 Intervalo

15:30 Módulo 2 -Impactos ambientais e análise de sensibilidade

16:30 Discussões, observações e comentários

17:00 Encerramento

Inscrição e seleção

Para poder participar das atividades práticas, será necessário trazer um computador com conexão sem fio para acesso à rede interna de internet.

A participação é gratuita. Faça sua inscrição através do formulário online clicando aqui.

As inscrições serão confirmadas até o dia 25/8/2011. A seleção de participantes se dará por ordem de inscrição.

Esclarecimento de dúvidas com Mônica no telefone: 31-3681-4901 ou e-mail: monica@conservacaoestrategica.org.br.